×

Avibrás será salva?

Avibrás será salva?

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, reuniu-se nesta terça-feira (20) com o sindicato dos metalúrgicos de São José dos Campos (SP). O encontro foi em Brasília. Os dirigentes da do sindicato pediram pela estatização da Avibrás Indústria Aeroespacial e a regularização salarial dos trabalhadores da fábrica, que devido a crise financeira, possui atrasos.

A Avibrás é a maior fabricante de material bélico do país, além de ser a principal fornecedora do Programa Espacial Brasileiro, hoje sendo a responsável pela fabricação dos motores S50 e sua respectiva infraestrutura de solo.

A corporação entrou com um processo de recuperação judicial em 2022, quando alegou ter dívida de R$ 600 milhões. Na ultima sexta-feira o processo foi homologado pela justiça, além disso, multinacionais dos Emirados Arabes e da Alemanha estariam interessadas em comprar a empresa, tal compra destruiria de vez a soberania nacional na area de blindados, foguetes, mísseis, torpedos e relacionados.

Como solução para evitar a falência ou perda da empresa para estrangeiros, os metalúrgicos que lá trabalham pediram para o Governo Federal comprar a empresa e a transformar numa estatal, além disso, como forma de manter a empresa antes do processo burocrático de estatização, os metalúrgicos sugeriram que o governo antecipe o pagamento referente aos contratos para fornecimento de foguetes Skyfirte 70mm e de munições para o sistema de foguetes de artilharia Astros para regularizar os salários

Helicóptero do Exército Brasileiro disparando mísseis Skyfirte 70
Astros 2020 disparando sua munição

Agora cabe ao governo brasileiro escutar os funcionários e tentar salvar de alguma forma a indústria bélica nacional, não necessariamente estatizando a empresa, mesmo que seja uma opção viável no curto e médio prazo, ou deixar uma das empresas mais importantes na defesa do país falir e gerar uma onda de demissões e acabar de vez com a soberania nacional

Share this content:

3 comentários

comments user
Alexandre V.Rodrigues

Uma questão complexa a estatização. Conforme comentado, a melhoria das condições financeiras da empresa não passa obrigatóriamente pela estatização. Tendo o plano de recuperação já homologado na justiça, que o governo faça a sua parte e honre os contratos e pedidos já colocados, tais como o S-50 (faltam dois motores), os foguetes Skyfire, e outros.

comments user
Kyle Schmidt

Just wish to say your article is as surprising. The clearness in your post is just cool and i could assume you’re an expert on this subject. Fine with your permission allow me to grab your RSS feed to keep updated with forthcoming post. Thanks a million and please keep up the enjoyable work.

Publicar comentário