×

AEB Participa da 3ª reunião da Comissão de Cooperação em Ciência e Tecnologia entre Brasil-Argentina

AEB Participa da 3ª reunião da Comissão de Cooperação em Ciência e Tecnologia entre Brasil-Argentina

Fonte: Gov.BR/AEB

Reunião marca o fortalecimento da cooperação entre os países para o desenvolvimento de ações conjuntas

Nessa terça-feira (13), a Comissão Mista Brasil-Argentina para a Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação realizou uma reunião para discutir e planejar as atividades do Programa Binacional nos próximos anos.

Durante o encontro, foram abordados diversos temas, como inovação, tecnologias da informação, transição energética, meio ambiente, mar e antártica, cooperação nuclear, e espacial. O objetivo principal foi estabelecer um Plano de Trabalho detalhado para o período de 2023 a 2025, visando à implementação efetiva dessas iniciativas de cooperação entre os dois países.

“Há uma grande sinergia e complementaridade da ciência, da tecnologia e da inovação entre os dois países. É nesse espírito, de que Brasil e Argentina se complementam, que queremos unir esforços em favor do desenvolvimento social e econômico”, declarou a ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, Luciana Santos, reafirmando compromisso com o fortalecimento da cooperação científica com a Argentina.

Um dos principais projetos em desenvolvimento conjunto é o SABIA-Mar, uma missão de Observação da Terra com aplicações prioritárias para o estudo do mar e das costas. Desde o último mês de maio, a Agência Espacial Brasileira (AEB), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e a Comisión Nacional de Actividades Espaciales (CONAE) criaram um Grupo de Trabalho Técnico, que se reúne regularmente para avançar na definição atualizada da missão conjunta. Os trabalhos feitos com usuários e cientistas argentinos e brasileiros identificaram várias aplicações que podem ser realizadas em conjunto no âmbito do projeto.

“Brasil e Argentina são expoentes nas atividades espaciais em nosso continente. Juntos, podemos unir esforços, encontrar sinergias, compartilhar custos e riscos, empregando o melhor de nossas capacidades em prol do aprimoramento dos saberes científicos e da melhoria das condições de vida para toda a região”, afirmou Carlos Moura, presidente da AEB.

O coordenador de Satélites e Aplicações da AEB, Rodrigo Leonardi, e o diretor-executivo da CONAE, Raúl Kulichevsky, apresentaram uma declaração conjunta no tema Áreas Estratégicas para a Cooperação Bilateral em Ciência, Tecnologia e Inovação entre Brasil e Argentina, no âmbito espacial. De acordo com os representantes técnicos dos dois países, “no lado brasileiro, a AEB e o INPE têm trabalhado para garantir a viabilidade da entrega do SABIA-Mar brasileiro em um cronograma alinhado com a entrega do SABIA-Mar argentino. Nesse contexto, a AEB e o INPE pretendem apresentar uma proposta conjunta à CONAE e aos Ministérios de Ciência da Argentina e do Brasil, oferecendo a entrega do SABIA-Mar brasileiro com base na Plataforma Multimissão (PMM).”

As instituições brasileiras entendem que o satélite Amazonia-1B, já em desenvolvimento no âmbito do Programa Espacial Brasileiro (PEB), pode ser proposto como satélite para integrar a missão. Dessa forma, os recursos disponibilizados para o projeto poderão concretizar esta entrega importante no plano da cooperação espacial para a América do Sul.

Share this content:

Publicar comentário